segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Garota Normal ♪ Bonecas da Barra





Vamos lá, garota!

Seja sincera agora...

Você não vai me dizer que nunca pensou em espancar
A vagabunda que diz coisas de você e fica sempre a te esnobar
Você não vai me dizer que nunca sonhou com aquele otário
E acordou molhada no outro dia, zangada do sonho ter acabado

Não me venha com mentiras
Que nunca mandou em silêncio
Sua família para aquele lugar
Ou nunca xingou sua mãe

O que você quer é uma vadia como eu
Que te aconselhe nos domingos
Em que foi obrigada a ir pra igreja
Quando queria estar curtindo

Eu fui como todas as outras
Eu fui uma garota normal
Eu fui fria, fraca e louca
Eu fui uma garota normal

E não me diga que sua melhor amiga nunca roubou a sua cena
E você quis ir quebrá-la e acabar com a sua raça
Quantas vezes fiz o que você faz, briguei por bobagem e chorei
Por que eu tenho que mentir agora se já sei o que pode passar

Sei que já fumou escondida
Tomou um porre daqueles na noite
Foi dormir com a sua vizinha
Eu sei bem o que anda fazendo

E o que você quer é confusão
Um pouco da violência necessária
Para responder aquelas questões
Nas aulas complexas de filosofia

Eu fui como todas as outras
Eu fui uma garota normal
Eu fui fria, fraca e louca
Eu fui uma garota normal.

Priscilla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi