quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Auto Consolo.


Priscilla,não se assuste com pesadelos,não se impressione com mortes,pare de ficar se perguntando "Quem será o próximo?". Desista de desistir.Ame-os enquanto pode,fale tudo o que desejas,faça tudo o que desejas.Ame mais,odeie menos.Não pense no ultimo dia da vida deles,curta-os muito,agora.Você tem amigos maravilhosos,uma mãe que nem sempre a compreende,mas que faz o máximo pra te ver feliz,uma mãe que você ama muito.Você pode ser o que quiser,seja mais positiva.Sinta-se bem.

Priscilla.

sábado, 13 de agosto de 2011

A Sexta.

Numa semana desse mês,recebi uma notícia que fez eu me sentir ridicula e nunca pensei que numa sexta-feira eu poderia me curar dos terrores da semana,mas descubro que estava enganada e isso me deixou tão feliz! Não sou uma pessoa que segue uma religião,mas tenho que dizer que essa felicidade repentina na sexta só pode ter sido obra de Deus. Agradeço ao meu amigo e aos amigos do meu amigo pelo meu sorriso e alivio interior.

Priscilla.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Não tem jeito,mais uma sobre você.


Eu nunca te amei.É,acho que não te amei.Se fosse amor eu saberia,e como não sei,então não te amei.Eu gostei muito de você.No começo,eu não gostava tanto,mas depois isso foi mudando,fui gostando demais.Algo um pouco enlouquecedor.Mas não foi amor.Foi você.E não sei direito como te definir.Eu fico nessa de te odiar,te adorar,sentir dó,sentir nojo,sentir aquelas coisas.Isso me faz tão mal.Você não é mais tão incrível,eu não sou mais tão corajosa.Por fora,você me encanta com certos defeitos.Por dentro,você me decepciona com certos defeitos.Você só tem defeitos? Por mais que eu queira,tenho medo de saber da sua vida,de saber quem você realmente é.Você me assusta um pouco.Talvez seja por isso que eu nunca te amei.

Priscilla.