quarta-feira, 29 de maio de 2013

Hei de me entender!



Hei de me entender
de aceitar
tudo o que há 
sem me render
ser feliz com o que tenho
viver em paz com o que mantenho
não entrar mais em conflitos
não deixar os outros aflitos
fazer o que quero fazer
terminar o que comecei
porque eu sei..
hei de me entender!


Priscilla Way.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Sobre latas de nescau e cinismo.



Triste é quando você põe leite na xícara e depois se depara com a lata de Nescau vazia. Não há energia,não há gosto. Enlouquecer deve ser terrível,pior que a dor de cabeça que eu sinto agora. Ser tão sensível também é terrível. Prever nos olhos,boca,pele,algo que não irá te fazer bem,e não fazer nada. Apenas esperar acontecer,adiantando a cara feia. Estar na companhia de alguém aparentemente bobo,te castiga a mente,que logo começa a pensar que não há tolice,mas cinismo no outro.

Ninguém te chamou.
Ninguém!

(Resultado de companhia não desejada)

Eu poderia escrever um pouco mais sobre esse momento que me causa raiva,mas chorar é  mais vantajoso. Meio que expulsa um certo peso,e outra,me faz dormir mais rápido.

Priscilla Way.

domingo, 5 de maio de 2013

Ouça ou leia,mas fique.


Shit! Uma explosão,um palavrão. Eu amo tanto,meu Deus! Adquiri o amor e ganhei de bônus ciúme,saudade infinita e conjugações na  primeira pessoa do plural. Eu amo tanto. Talvez seja o que eu faço de mais certo. Parei pra pensar e pensamento bem,não quero. Não quero lembrar. Mas também não quero morrer com emoções entaladas. Não quero morrer. Eu quero matar. Eu quero matar as vozes da minha cabeça que opinam,especulam e me fodem. No mal sentido. Parou! Dentro de mim só quero eu e ele.  Eu quero expulsar as coisas - e pessoas - ruins. Não quero me acostumar comigo. Eu quero mudar,eu quero agora e que seja indolor. Eu tô incolor. Traz aquilo que,reza a lenda,tem no final do arco-iris. Traz pra nós. Pra gente ir embora. Pra gente voltar pra irmos embora de novo. Pra gente saber como é respirar nesses lugares que nossas bandas favoritas costumam nascer.  Eu (te) amo tanto. Te traz pra perto de mim e não se afasta nunca mais.

Priscilla W.