quarta-feira, 20 de julho de 2011

Dezesseis e cinco.





09 de Julho,sábado,16:05,ouvindo coldplay,pensando no passado,bebendo a smirnoff ice que ganhei ontem,sozinha em casa.Estou me sentindo bem.Meu aniversário é sempre uma merda,mas ontem foi legal.Ligações recebidas,mensagens,teatro,amigos,conversa agradável com o "carinha da locadora".Amélie Poulain veio comigo outra vez.Meu "cisne negro" me ligou ontem.Decidi que,apesar de odiá-lo,não posso mais negar a droga dessa atraçao que sinto! Seja meu mais uma vez. "Because i'm getting old,i'm not a kid anymore"



Vodka me traz muitas lembranças,ou melhor,A Lembrança! Aquela que,até um dia desses,era a memoria mais bonita,mais doce,mais próxima,mas que hoje é melhor evitar.As fotos ainda estão guardadas,e eu queria que você soubesse dos meus sentimentos,mas eu jamais falaria.Agora eu falaria.Agora,Julho de 2011,eu falaria! Porque você mudou,tudo mudou,inclusive esses sentimentos.Talvez tenha sido melhor assim.Que paixão pesada aquela! Quando que eu vou me desapegar de 2009? Quem sabe quando eu tiver motivos para curtir 2011,né? Mas cansei de viver o passado,lógico que sempre levarei essas lembranças comigo..eu queria voltar alguns anos,mas é impossível! Impossível porque não depende só de mim.Depende de quem faz as coisas acontecerem..






Priscilla.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Dezoito.

Quando se é criança tudo é tão mais fácil,né? eu nunca havia reparado nisso.Na minha infância eu não tinha que me preocupar com vestibular,com o que ia vestir,o que ia fazer no fim de semana.
Eu não tinha que me desculpar por erros graves,eu não tinha motivos para odiar alguém,eu não tinha dias ruins,meus amigos eram mais próximos e "gostar" de alguém era muito mais simples.
Eu só chorava quando tinha um pesadelo,quando caia,quando minha mãe me dizia "Não!" ou quando eu ficava longe dela.Nunca por amor.
Eu nunca ficava sozinha e saudades eu só sentia quando lembrava das minha bonecas quebradas.
Eu falava que queria ser pediatra,mas hoje eu já não tenho tanta certeza das coisas.
Chamavam-me no diminutivo,hoje,não me chamam mais.De nada.Pra nada.

"Eu só peço a Deus um pouco de malandragem,
pois sou criança e não conheço a verdade." ♫

Priscilla Way. (Agora com 18!)