sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Pesadelo


Naquela lugar havia somente eu e você. Era bom,beirava ao perfeito. A gente ria,a gente lia,beijava,jogava,você até me irritava,mas não passava de saciar o seu desejo pela minha cara irritada.  Foi então que eu acordei. Havia um lugar,que era nosso,mas não estávamos sozinhos. Não era perfeito,a gente mal ria,você não gostava do que eu lia. Forçada,te beijava. A gente jogava,mas você roubava. Você me irritava,então ia deitar,adormecia e sonhava que te matava. Então eu acordei determinada,fiz do sonho realidade,você não mais existia e eu tinha liberdade.


Priscilla W.

3 comentários:

  1. Respostas
    1. São duas histórias verdadeiras. A boa,com uma pessoa legal. A ruim,com uma pessoa chata ;)

      Excluir
  2. Eu adoro essa poesia marginal! Hahahaha

    :*

    ResponderExcluir

Oi