terça-feira, 24 de setembro de 2013

(lágrima)


Eu choro porque não vejo lua no céu,não sinto o vento bater,não espero por algo. Eu choro porque essa é a parte da vida que eu não sei explicar. Pode ser mais uma fase da fase antiga,que eu rezei pra ir embora,e foi. Não durou nem dois anos,voltou. Talvez a vida seja assim mesmo,coisas que você não consegue se acostumar nem entender,por se basear na felicidade alheia. Gente que não quero perder,e perco. Não vou me adaptar.

Priscilla W.

Um comentário:

  1. algumas vezes nem essa alternativa ("de não se adaptar") a gente tem, é obrigada.

    ResponderExcluir

Oi