terça-feira, 15 de junho de 2010

O dia ainda não terminou.

Você pode até aparecer na minha frente e passar por mim como se eu não existisse,mas aí eu digo pra você: O dia ainda não terminou,meu amor.Não há nada melhor do que te encontrar depois das 15:00h e olhar para aquela sua cara de arrependimento.Sinceridade é uma coisa que você não conhece.Acho que o seu cérebro é pequeno demais para poder decifrar o que tento te dizer e te digo em códigos porque sei que o que há (ou houve) entre certas duas pessoas,é só mais um segredo para a nossa (minha) coleção.Mas começo a conhecer pessoa que falam claramente o que querem e assim,andar na rua não é mais uma tortura,pois ao invés de ir lembrando da sua falta de verdade,vou lembrando de conversas agradáveis que tive com pessoas agradáveis.O meu caminho se tornou mais divertido.Mas você continua me olhando com aquela cara de ai-meu-Deus-o que-eu-faço? enquanto eu te digo: O dia ainda não terminou,meu amor.

Você errou por me julgar "inocente-boba-ingenua" só por me olhar,mas agora nós dois sabemos quem,realmente,se deu mal nessa história.
Priscilla.

2 comentários:

  1. ooi priscila, quanto tempo ein!? td bem?
    nossa, li seu texto, bem tenso!
    mas ao msm tempo perfeito. parabéns.
    bjão.

    ResponderExcluir

Oi