quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Sam.


A falta total de um pai,a ausência da presença da mãe,filha única,nenhum animal de estimação,alguns brinquedos e lápis de cor.A felicidade só chegava na sala de aula.A "tia" era legal,os coleguinhas também.Os aniversários eram sempre muito tristes.De uns nove "amiguinhos" convidados,só uns três apareciam com presentes chatos para uma criança -sabonete,por exemplo.Não que usar sabonete seja chato,mas criança não costuma gostar de banho - Até hoje não se sabe o motivo da ausência desses pequenos convidados.Seus passeios mais longos eram nos hospitais.A gestação complicada da mãe lhe rendeu alguns probleminhas de saúde.Falta de benção de Deus? Não...não.Era apenas a vidinha de Sam.


P. Way!

5 comentários:

  1. Vidinha dela... Mas depois ela cresce... E entende como funciona a vida...

    ResponderExcluir
  2. É assim mesmo, o importante é seguir em frente!

    ResponderExcluir
  3. 'A falta total de um pai'... ah, eu sei bem o que é isso. ;s

    =*

    ResponderExcluir

Oi