terça-feira, 22 de novembro de 2011

Eu não gosto de você.



Eu poderia te bater,quebrar o seu pescoço,

te jogar na frente de um ônibus

ou de um caminhão,

pôr veneno na sua bebida

ou te jogar numa jaula com um leão,

mas eu só quero que você se afaste

antes que isso me mate.


Priscilla.

10 comentários:

  1. Assim, com respeito, é bem legal.

    Tá certa.

    Beijo, Priscilla.

    ResponderExcluir
  2. "quebrar o seu pescoço" tai, uma otima ideia :)

    bjs


    www.umteko.blogspot.com
    www.minhasmaosdetesoura.blospot.com

    ResponderExcluir
  3. Bem agressivo. Quem nunca teve essas vontades heim? haha. Beijo.

    ResponderExcluir
  4. P.s.: vou pro show de Los Hermanos em Fortaleza no próximo ano, vamos? (;

    ResponderExcluir
  5. eu desejei tanto isso que ele se afastou e não voltou nunca mais.

    ResponderExcluir
  6. poema forte. direto.
    em bem real na hora da raiva.

    --- sobre mario prata
    nao o conhecia, comprei um livro e to me deliciando com ele.. muito bom msmo...

    ResponderExcluir
  7. HAHAH.

    Gostei.

    Um Beijo
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Un poema profundo y fuerte,
    si te gusta la poesía te invito a mi nuevo espacio.
    feliz fin de semana.

    ResponderExcluir
  9. Ah, às vezes é assim, algo como um desejo inalterável de ter alguém longe. Bem longe.
    Beijo, querida Pri!

    ResponderExcluir

Oi